Releitura da lenda O Roubo da Cabeça de Medusa! - Renata Machado e Marina Assis, EF63

03/12/2012 21:33

 

 

Medusa era uma linda mulher de cabelos castanhos e grandes olhos verdes. De tão bela todos os homens a desejavam.

Um desses homens a amava muito e a queria só para ele. Mas ele sabia que tê-la era quase impossível, pois era um miserável. Então pensou que se ela fosse uma mulher feia ninguém mais a desejaria. Partindo dessa conclusão a enfeitiçou, tornando-a um monstro! Medusa agora tinha serpentes como cabelo, tinha asas de ouro e presas de bronze.

Assustada como a nova aparência, ficou em casa por um bom tempo, até que um dia tomou coragem de sair.

Assim que colocou os pés para fora pessoas se assustaram, logo formando uma multidão ao seu redor, todos sentiam medo do ser! Até que alguém comunicou ao rei, que resolveu tomar uma atitude referente ao caso, afinal sua sociedade estava em risco. Depois de algum tempo decidiu matá-la.

No dia seguinte o rei falou “Irei cortar a cabeça de Medusa!” Todos se espantaram com a notícia, mas logo já davam apoio ao rei. Montaram uma forca na praça para todos assistirem sua morte. Assim todos ficaram aliviados por não terem um perigo na cidade.

A cabeça de Medusa foi exposta na praça, já o resto do seu corpo foi espalhado pela região.

 Depois de algum tempo, algo muito estranho ocorreu: a cabeça de Medusa sumiu! Não se falava de outra coisa na cidade: “Quem roubou a cabeça de Medusa?”.

Passaram-se meses, até que um cidadão encontrou a cabeça de Medusa numa cabana no meio do nada, assim que ligou os fatos, concluiu que quem havia roubado a cabeça de Medusa foi aquele mesmo homem que a tinha enfeitiçado. Como era um homem muito possesivo, mesmo já tendo morrido de tristeza pela morte de seu amor, não queria que ninguém mais contemplasse a linda Medusa, assim a roubou e a escondeu.

 

  Renata Machado e Marina Assis – 6° ano EF 63

 Atividade referente a disciplina de História, do professor Eduardo.