Erguendo paredes

11/02/2014 18:45

    

 

    Antes de levantar as paredes de uma casa em construção é necessário fazer um planejamento, uma base, para mantê-la em pé. Assim, também é a vida. Você não consegue ser alguém na vida de uma hora para a outra, e não consegue subir nela de repente. Tudo isso é resultado de uma construção, de conquistas, de esforços, de dedicação...Não é fácil construir paredes da vida, mas com bastante empenho, no final, você termina com uma linda casa. E é neste instante que você percebe que todo sofrimento, perdas e conquistas, valem a pena.

    Certa vez, estava na Igreja, e o Padre falou que a fé é como a chama de uma vela. E realmente, se observarmos, a chama de uma vela,veremos que  tem horas que ela está sem nenhuma alteração, está parada, e isso causa certa tranquilidade para nós. Em nossas vidas, isso representa que estamos vivendo um período sem “turbulências”. Mas, há momentos em que a chama está muito agitada, indo de um lado para o outro. Em nossas vidas, isso significa que estamos passando por uma fase difícil, em que a vida está jogando obstáculos que, por um tempo, nos impedem de seguir a construção da parede.

    Enfim, dentro de nós é como se existisse uma chama, que em momentos difíceis quase se apaga, isso só não acontece se continuarmos tendo fé em Deus e naquilo que acreditamos.

    Há momentos que terão pessoas que irão tentar destruir as paredes que você fez, mas com fé, esperança, força e com a base das paredes que construiu (a base dos seus sonhos e vitórias), você consegue levantá-las com tijolos ainda mais resistentes.

    A vida é feita de escolhas, e para você conseguir algo, ás vezes, é necessário abrir mão de várias coisas. Quando a vida tenta nos derrubar não podemos nos render. Temos é que levantar a cabeça e seguir em frente.

    Enquanto estivermos vivos, teremos que lutar com honestidade e humildade, para alcançarmos nossos objetivos, nossos sonhos e terminamos a construção. Aliás, que bela casa ficará se nunca desistirmos dos nossos sonhos, dos nossos objetivos e propósitos na vida.

    “[...]Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.[...]” Augusto Cury

Fonte das imagens:

·      https://leitorcabuloso.com.br/2013/07/a-estrada-da-vida/

·      https://reflexoesemapuros.wordpress.com/2011/05/page/2/

·      https://estudos.gospelmais.com.br/principal-objetivo-vida.html

   

Amanda Lopes escreve mensalmente neste espaço.