As palavras vêm e voltam

08/09/2015 20:14

          

Em uma quarta-feira, fui tentar fazer meu dever de casa que era "simplesmente" escrever duas páginas falando sobre o aquecimento global! Só isso!? Mas deu um branco e não consegui escrever nada! NADA! 

Bem, foi aí que "caiu a ficha", eu não consegui escrever, porque não estava “inspirada” naquele momento. Perguntei a minha mãe o que estava acontecendo comigo e ela só disse:

– Geovana, as palavras vêm e voltam.

O que ela queria dizer com isso? Nunca entendo minha mãe quando ela fala essas frases “poéticas”. Bem, vou tentar fazer o trabalho amanhã.

Hoje fui tentar novamente escrever aquele trabalho e...não consegui novamente. Acho que estou com algum problema. Eu nem sem direito o que escrever aqui! E hoje quando fui à aula, conversei com a Amanda e ela disse a mesma coisa que a minha mãe. Isso está muito esquisito!

Hoje estou tentando novamente... "Vamos, Geovana!" – disse para mim mesma.

Tentei e não consegui, mas não vou desistir, irei até o fim! Afinal, tenho que entregar o trabalho amanhã.

Resolvi ler um livro para desestressar. Após ler o livro, tentei novamente fazer o trabalho e ... consegui! 

Antes, era como se as minhas palavras estivessem indo "embora", e quando li o livro meu estoque de palavras meio que “recarregaram”. 

Acho que finalmente entendi o que a Amanda e a minha mãe queriam dizer com “As palavras vêm e voltam”. Quando fiquei muito tempo sem ler, as palavras se foram, porém quando li um livro, elas voltaram. Portanto, se você não quiser ter um "branco" na hora de escrever ou fazer um trabalho, leia, procure "recarregar" o seu estoque de palavras. Assim, as palavras vêm e ficam! 

 

Lívia Keller cursa o 6º ano e escreve mensalmente neste espaço.