Agosto e setembro

11/09/2017 14:23

Foto: www.panoramio.com

 

AGOSTO E SETEMBRO

 

Tarde limpa, linda

Céu de anil

Sol lambendo a serra.

Vida se esvaindo num dia

Ciclos que vem e vão.

 

O ipê amarelo na grota

Faz lembrar das cores da vida

Agora cromado pelo sol que morna

Depois, cremado pelo fogo que arde

Um pássaro gorjeia na mata, só.

Nada novo no som.

 

O mês de agosto, a gosto do freguês:

 Sempre à espera de setembro

E da primavera, prima virá com a chuva:

Vida nova em respingos. 

 

 

 

Eduardo C. Souza  é professor de História, escritor romancista, contista e cronista. Escreve mensalmente neste espaço. 

 

 

Eduardo C. Souza  é professor de História, escritor romancista, contista e cronista. Escreve mensalmente neste espaço.