A madeira das portas e das janelas estão podres, a pintura está surrada...

07/05/2012 19:54

 

A madeira das portas e das janelas estão podres, a pintura está surrada e algumas paredes contém alguns rabiscos feitos a alguns meses atrás. Os poucos móveis que existem ali estão cindo aos pedaços e a cama, bom, é só um colchão jogado no chão. Estou deitada de camiseta e calcinha, ao meu lado uma garrafa de whiskey pela metade. Estou afundando na imensidão de edredons, que provavelmente devem ser a única coisa boa naquela casa. Um raio de sol invade o quarto, eu desperto e continuo bebendo o meu whiskey, meu fiel companheiro nas horas ruins. Dizem que a bebida é uma péssima conselheira, não discordo, mas gosto do fato de beber para tentar esquecer meus problemas. No meio do quarto existe uma linda caixa de papelão com um bilhete, até imagino de quem seja. Era mais um pedido de desculpas, perdi a conta de quantas vezes isso já aconteceu. Na caixa havia fotos.  Olha como eu estava feliz, ou pelo menos parecia estar. Fui até a cozinha, havia um galão de gasolina encostado na parede descascada, era o que eu precisava. Devia ser umas 06:30 a.m, meu whiskey estava acabando e eu havia espalhado a gasolina pela casa. Estava cansada daquela vidinha medíocre. Acendo um fósforo e jogo no corredor, espalho as fotos pelo quarto, me sento e tomo o último gole de whiskey enquanto vejo as chamas percorrerem os cômodos e subir pelas paredes.