A Garota do Armário

29/10/2013 19:53

A lavadeira, Henri de Toulouse.

 

Havia uma garota chamada Annie Margov. Ela era órfã de mãe desde os dois anos de idade. A mãe dela sofreu um terrível acidente de carro, e assim, Annie passou a viver com seu pai, Joseph Margov.

Cinco anos após o acidente de carro, Joseph decidiu seguir em frente e se casou com uma mulher chamada Meredith Jackson. Meredith era ambiciosa, agressiva e muito impaciente. Ela fazia de tudo para conseguir o que queria, mesmo que isso custasse a vida de alguém.

Numa fria noite de quinta-feira, o corpo de Joseph foi encontrado jogado no jardim. Ele estava morto. A polícia disse que foi suicídio, mas Annie não conseguia acreditar, pois o pai era tão feliz e tinha muitos planos para o futuro.

A madrasta Meredith começou a tratar mal Annie e sempre a deixava de castigo, trancada no quarto, ou a fazia de lavadeira, obrigando-a a lavar toda a roupa da casa. A madrasta só pensava no dinheiro que herdara do marido e sequer se importava com a criança.

Annie, num dia em que a madrasta havia saído para fazer compras, resolveu explorar a casa. O pai sempre trancava todas as portas da mansão, pois dizia que havia muitas coisas perigosas para Annie naquela casa. Ela desceu as escadarias e chegou a um porão muito antigo e mofado. Lá, ela achou uma casa de bonecas muito bonita e um armário entreaberto.

Abrindo o armário, ela viu uma criança mais ou menos da mesma idade que ela, muito pálida e vestindo roupas sujas e rasgadas. A criança a convidou para brincar e Annie, como era muito solitária naquela casa, brincou com a menina que se chamava Annabelle.

A partir desse dia, Annie ia todas as tardes, quando a madrasta saia, brincar com Annabelle e passava horas arrumando bonecas com ela. Mas, sempre às 15:00 horas, Annabelle entrava no armário, este se trancava e ela desaparecia.

Um dia, cansada de ser maltratada pela madrasta, Annie  disse a Annabelle que que queria ir junto com ela para o lugar que  ela costumava ir depois de desaparecer. Annabelle, feliz por ter uma amiga, concedeu ao seu desejo. Agora, todas às tardes, após 15:00 h, Annie vaga pelos quartos da mansão com a missão de atormentar a inútil vida de sua madrasta, até ela enlouquecer e se suicidar, como fizera o pai.

 

Rosana Russo e Camila Cunha EF82-9