Verona( Criação da Raça Humana)- Giordano Devêza

11/05/2011 17:01

 


Na Transilvânia, em 1847, havia pessoas que ficavam apavoradas na época de vampiros, pois eles sempre iam lá. A mais temida era Verona, a mulher do Conde Drácula.

Diziam que Drácula foi morto por Deus, e fez um acordo com o Diabo para reviver e se sustentar com o sangue de mortais. A primeira mulher foi Verona, ela era feita de ectoplasma satânico, e foi com ela que nasceram os primeiros humanos.

Verona era linda, tinha cabelos loiros e cacheados, pele muito pálida, mas mesmo assim linda. Usava panos brancos, pois quando se transformava, panos viravam asas, ela estava no auge de seu poder.

Ela tinha duas irmãs, Katrina e Arachna, que foram mortas com crucifixos e água benta. Verona também era conhecida por outro nome: Mãe dos Mortos.

Verona já estava ficando com muita raiva de Drácula, pois a estava tratando mal. Com raiva Verona matou Drácula, mas devido ao acordo com o Diabo (do qual Verona não sabia), ela também morreu. Com Verona, Mãe dos Mortos, morta, a raça humana inteira morreu, fazendo também parte do acordo.

No final disso tudo, no chão vermelho e gélido de uma parte do mundo, sobrou um pouquinho de luz, que logo virou uma bola de energia, essa bola explodiu tudo virou uma fumaça amarela meio esverdeada. De repente surgiu um estrondo no céu e raios de luz caíram no chão, e com a ordem natural a chuva chegou, gerando mares e rios. Cada gota de água se multiplicou, e viraram grãos de areia, que por sua vez também se multiplicaram, e cada um virou um humano, assim começou o reinicio da raça humana.

 

 

Inspirado no filme Van Helsing. 

 

Giordano Bruno H. Devêza – 6ºano F/9 – 2