Calor Glacial e Indiscreta - Fermore

13/10/2012 17:06

 

Calor Glacial

Saia

Saia rodada, saia daqui

Cala, cale (se)

Cálida, caída, cada

Escada

Vá, vaia, vale

Venere (se), velhas

Verão

Foi (se), flor, falhou

Feliz. Fiquei, falei

Choro, cheio

Chato

Ilusão, inventei

Inverno

Inferno

Dormi, morri

Amei.

 

Indiscreta

(fermore)

Cansaço de tanto sociedade,

da pouca idade,

castidade, de tanta liberdade...

Cansaço de felicidade,

de amor, de pudor

Cansaço da diferença

da modernidade, doença

Cansaço disciplinar, de se moldar,

monstros, medo – do “afastar”

Pupilas dilatadas, tudo em cor de lava

saia, saia rodada – cada, escada

Cansaço invernal,

desse inferno, calor glacial

Chega! Paz manipulada...

Das vendas, das vidas observadas

Não á paz ativa...

Hoje eu vou dormir no escuro,

sem obrigação aparente

Beber água corrente,

usar escova sem pasta de dente. 

 

Fermore*

 

* Fernanda da Silva Moreira, EF82