A Morte da Luz - Vinícius Peret

13/10/2012 17:32

 

Os sóis brilham no céu

sem encobrir a Terra em seu véu

véu de calor e esperança que não

chega a aquecer

crepúsculo que dura o dia

dia que não dura mais

somente as noites duras e frias

que duram.

o ultimo calor confortante que

emana dos sóis agora tão distantes 

chega a Worlon

cinquenta anos de luz

cinquenta anos de festa

cinquenta anos de vida 

e a vida em Worlon da seu último suspiro

para adentrar a noite eterna

a vida em Worlon sente seu último vestígio 

de vida adormece 

e sente o frio eterno penetrar em suas entranhas

e o planeta viajante 

viaja pela escuridão a procura de um novo começo.

 

Autor: Vinícius Peret, EF81